Assim são os trajes espaciais que os astronautas deverão usar no retorno à Lua

A NASA trabalha intensamente para lançar a missão Ártemis, que levará humanos à Lua novamente após mais de 50 anos. Entre os itens mais importantes do projeto estão os trajes espaciais de última geração que serão usados pelos astronautas. Para desenvolver esses novos uniformes, as empresas Axiom Space e Collins Aerospace receberão cerca de 3,5 bilhões de dólares da agência espacial dos Estados Unidos.

Trajes espaciais versáteis

Os especialistas da NASA definiram os padrões técnicos e de segurança pelos quais os trajes espaciais serão construídos, e as empresas escolhidas concordaram em atender a esses principais requisitos da agência. Os parceiros comerciais serão responsáveis pelo projeto, desenvolvimento, qualificação, certificação e produção de trajes espaciais e equipamentos de apoio para viabilizar todas as etapas da Missão Ártemis.

De acordo com as especificações da NASA, o novo traje deve proteger os viajantes espaciais de micrometeoroides, poeira lunar e até mesmo resíduos orgânicos humanos. Os uniformes espaciais serão versáteis e devem servir para pelos menos seis passeios lunares de quase oito horas por dia. Cada traje deve permitir que 90% da população masculina e feminina o use, o que inclui qualquer pessoa que meça entre 1,5 metros e 1,9 metros de altura, e que pese entre 42 e 110 kg.

Em termos de design, os trajes serão flexíveis no tronco e outras articulações para melhorar a mobilidade na geografia lunar acidentada. Além disso, os uniformes terão acessórios para coletar amostras lunares, como martelos, cinzéis ou lanternas. A NASA também exigiu da Axiom Space e da Collins Aerospace que os trajes espaciais possam ser usados em caminhadas espaciais fora da Estação Espacial Internacional.

Via: History Channel Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *