Bolsonaro afirma que Albert Einsten já testa cloroquina contra COVID-19 e ordena aumento da produção

Um vídeo publicado neste sábado nas redes sociais, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que pesquisadores do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, iniciaram protocolo de testes com cloroquina para tratamento de pacientes diagnosticados com COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O presidente disse que ordenou ao Laboratório Químico e Farmacêutico do Exército (LQFEX) que aumente a produção de cloroquina imediatamente.

Laboratórios ao redor do mundo tiveram resultados positivos em testes iniciais para uso de cloroquina e hidroxicloroquina contra o coronavírus. Logo, os remédios à base dessas substâncias ficaram em falta nas drogarias.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu que cloroquina e hidroxicloroquina só poderão ser vendidos sob receita médica.  A medida é para evitar o rápido desabastecimento das drogas. Originalmente, as substâncias são prescritas para tratamento de artrite, lúpus e malária.

Veja abaixo o vídeo gravado pelo Presidente da República:

Fonte: Estado de Minas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *