Caso ‘rachadinha’ é fora do mandato atual, diz Renato Moura

De acordo com o vereador e Presidente da Câmara Municipal de Ituiutaba, Renato Moura, durante Coletiva à Imprensa, ocorrida nesta quinta-feira (20/01), ainda não cabe à Mesa Diretora, tomar nenhuma decisão, sobre o episódio de suposta existência de rachadinha, crime de peculato, envolvendo a Prefeita Leandra Guedes. A existência deste esquema, ganhou repercussão depois que Fabrício Ferreira, ex-funcionário do gabinete do Deputado Federal, André Janones (Avante), apresentou à Procuradoria Geral da República – PGR, no último dia 29/12, gravações de conversas com outro ex-assessor Alisson Camargos (atual Secretário Municipal de Meio Ambiente), que estaria fazendo a devolução de parte de seu salário.

Antes de responder as perguntas, Moura lembrou que o objetivo é levar esclarecimentos quanto ao caso em questão, é que o Legislativo não ficará omisso, apesar do Regimento Interno da Casa ser muito antigo e atrasado, não prevê nenhuma punição sobre o assunto da denúncia que envolveu a Prefeita Leandra é o Secretário Alisson. “O texto do nosso Regimento não menciona nenhum tipo de punição a este caso, considerando que ambos os acusados ainda não haviam tomado posse nos respectivos cargos. É com relação ao deputado federal, cabe à Câmara dos Deputados e o Conselho de Ética tomar as providências dos fatos”, disse Renato.

Moura disse que muitos veículos de comunicação e até mesmo colegas vereadores, vêm cobrando seu posicionamento sobre este assunto, sendo, portanto, necessário levar a público o seu entendimento. “Eu nunca escondi a minha pretensão futura na política. Deixa claro que não participei da denúncia, pelo contrário, convidei o denunciante (Fabrício) para conversar. Na Câmara não chegou e não existe nada sobre a denúncia. O que eu sei é o que a mídia tem divulgado. O denunciante (Fabrício) me passou algumas informações, consultamos o nosso jurídico, e concluímos que não cabe ainda a esta casa tomar nenhuma decisão. (redação).

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *