CBMMG atende duas ocorrências de vazamento de gás em Ituiutaba/MG

O 2° Pelotão de Bombeiros Militar de Ituiutaba registrou nesta segunda-feira (20), duas ocorrências de vazamento de GLP, sendo uma no Bairro Independência e outra no Centro.

A primeira ocorrência aconteceu em uma residência localizada na Rua Doutor Luiz Laterza. Segundo a solicitante, um forte cheiro de gás começou durante a tentativa de troca do botijão. Diante do exposto, ela retirou o mesmo da residência, colocou do lado de fora e acionou o CBMMG. No local, a guarnição utilizou uma chave apropriada e estancou o vazamento, orientando a solicitante para que trocasse o botijão por outro.

No centro da cidade, os bombeiros foram acionados em um prédio localizado na Avenida Quinze, onde a moradora não conseguia remover a válvula de registro que apresentava vazamento constantemente no ponto de conexão com o botijão. Os militares conseguiram remover o registro e parar o vazamento. Logo após, a solicitante foi orientada a trocar o dispositivo.

Felizmente, em ambas as ocorrências não houve grandes problemas. No entanto, o CBMMG orienta a população tijucana e toda a sociedade mineira para o risco de acontecer uma tragédia. Com o vazamento, o gás pode se acumular até uma mistura ideal com o ar, o que propicia uma explosão na presença de uma fonte de ignição.

O cuidado começa na hora da compra:

Não compre em pontos de venda informais ou clandestinos;

Recuse botijões sem lacre, com o lacre sem marca ou com o lacre violado;

Confira se a marca estampada em relevo no botijão é a mesma do lacre e da etiqueta do mesmo.

Na escolha do local para armazenar o botijão, leve em consideração:

Colocar sempre em locais ventilados, para facilitar a dispersão do gás em caso de vazamento;

Nunca armazenar em compartimentos fechados (armários, gabinetes, vãos de escada, porões, etc.);

Nem próximo a tomadas, interruptores e instalações elétricas (mantenha distância mínima de 1,50m);

E jamais próximo a ralos ou grelhas de escoamento de água (mantenha distância mínima de 1,50m).

Ao contrário de outros gases, por ser mais pesado que o ar, o GLP pode se depositar nesses locais. Assim, qualquer chama ou faísca poderá provocar um acidente.

Ao instalar:

Jamais passe a mangueira por trás do fogão;

Faça o teste de vazamento, passando espuma de sabão nas conexões;

Nunca utilize fósforo ou isqueiro para a verificação de vazamento de gás;

Caso surjam bolhas, repita a operação de instalação.

Se o vazamento continuar, leve o botijão para um lugar ventilado, deixando o regulador de pressão de gás desconectado e chame a assistência técnica do seu fornecedor de gás.

Quando o gás acabar:

Não aqueça o botijão para forçar a saída de gás.

Nunca vire ou deite o botijão: se ainda existir algum resíduo de gás, ele poderá escoar na fase líquida, o que anula a função do regulador de pressão, podendo provocar graves acidentes, assim como, entupir com impurezas o regulador, a mangueira e os queimadores.

Na hora da troca do botijão:

Certifique-se de que todos os botões dos queimadores do fogão estão desligados;

Nunca efetue a troca do botijão na presença de chamas, brasas, faíscas ou qualquer outra fonte de calor;

E jamais utilize ferramentas como martelo ou alicate para rosquear a válvula no botijão;

O CBMMG também dá uma dica importante: examine sempre o prazo de validade e as condições de conservação da mangueira e do regulador de pressão.

A mangueira e a válvula possuem prazo de validade de cinco anos.

Se mesmo tomando todas as medidas de precauções houver um incidente, tome as seguintes atitudes:

Não acione interruptores de eletricidade e não ligue nem desligue nenhum equipamento eletrônico ou outros que possam produzir faísca;

Desligue a chave geral de eletricidade somente se ela estiver fora da residência;

Não fume, nem acenda fósforos ou isqueiros;

Se ocorrer em ambiente fechado, abra portas e janelas;

Alerte as pessoas sobre o vazamento;

Entre em contato com a assistência técnica do seu fornecedor de gás e, em casos mais graves, com o Corpo de Bombeiros Militar (193).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *