CBMMG captura vários animais silvestres no perímetro urbano de Ituiutaba neste final de semana

Neste final de semana, o Corpo de Bombeiros atendeu onze ocorrências de captura de animais silvestres no perímetro urbano de Ituiutaba.

A primeira ocorrência foi no princípio da manhã desta sexta-feira, dia 5 de Junho em que os Bombeiros Militares foram acionados para a captura de um gambá numa residência localizada no Bairro natal. O animal, porém, não foi localizado e o morador foi orientado a ligar no 193 caso o gambá reaparecesse.

Algumas horas depois, os Bombeiros foram chamados para a captura de outro gambá na Avenida Vinte e Três, Bairro Centro. Este, não se encontrava machucado e procedeu-se a captura e soltura do mesmo em seu habitat natural.

No início da tarde, houve novo acionamento para captura de animal silvestre. O tal tratava-se de uma jiboia encontrada na Rua Dalva Monteiro Carvalho, Bairro Nova Ituiutaba II, próximo à UFU. O solicitante informou que estacionou o seu veículo, e, ao retornar, deparou-se com o réptil alojado entre as rodas traseiras do seu caminhão. Uma equipe do CBMMG prontamente se deslocou para o local, realizando, com segurança, a captura do ofídio através de técnicas de salvamento terrestre. A serpente, de aproximadamente 1,5 metros, não se encontrava lesionada e assim foi posta em liberdade em seu habitat natural.

Ainda nesta sexta-feira ás 16h38, na Avenida Trinta e Um com a Avenida Minas Gerais, no Centro da cidade, um morador deparou-se com um periquito da espécie maracanã em seu imóvel, acionando rapidamente os profissionais para realizar a captura. No local os Bombeiros militares verificou que a ave estava com as pernas machucas, sendo capturada e conduzida ao atendimento médico veterinário, em uma clínica especializada em animais silvestres na cidade de Ituiutaba, para após sua recuperação ser posta novamente em liberdade.

É cada vez mais comum se deparar com animais silvestres nas cidades, tendo em vista a expansão urbana e destruição de mata nativa. Há até espécies que se adaptam à vida em áreas urbanas. Ao se deparar com animais silvestres machucados ou mesmo em sua residência, recomenda-se deixá-lo onde está, se afastar e acionar os bombeiros. Animais silvestres acuados podem atacar como forma de defesa.

Por fim, ás 23h42 h na Avenida Vinte e Um, também no Centro, o CBMMG foi solicitado para realizar o salvamento de 2 filhotes de gato presos em um bueiro. Após a equipe chegar ao local verificou-se que um dos filhotinhos já não estava vivo, e utilizando equipamentos apropriados para a captura, os filhotes foram capturados e o que sobreviveu foi deixado aos cuidados veterinários em uma clínica especializada.

“Cabe ressaltar que, pela Lei nº 22.231, é crime maus tratos a animais de quaisquer espécies, sejam domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos. Abandono, envenenamento, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, atropelar e não prestar socorro, confinamento em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados, rinhas 8080, ou à Polícia Ambiental no 190.” Disse a ascom BM.

Por Marisaura Assis / Estagiária

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *