CBMMG orienta a população sobre o período chuvoso

Com a chegada do verão as chuvas começaram a ficar mais constantes no dia a dia sendo considerada esta época onde ocorrem muitas pancadas de chuvas fortes. No Segundo Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Ituiutaba neste período destacado, tem se tornado comum para os bombeiros o registro de ocorrências referentes a queda de árvores, muros, danos na rede elétrica, pequenas inundações em residências e formação de pontos de alagamentos. Também é neste momento que podem ocorrer diversos acidentes, razão do alerta para quem vive na cidade e no campo.

É por esta razão e para prevenir a população que o Corpo de Bombeiros Militar traz algumas orientações sobre o período chuvoso na região:

Se estiver chovendo forte ou trovejando, fique dentro de sua casa ou procure um lugar onde você possa se abrigar, desde que não seja uma área de risco. Evite viajar durante chuvas fortes e nunca dirija por estradas alagadas. Se notar que seu carro poderá ser arrastado pelas águas, pare, abandone o veículo e procure um local seguro.

O maior número de mortes no período chuvoso ocorre devido a pessoas que tentam enfrentar a enxurrada. Não tente enfrentar a enxurrada, pois, além da própria força, ela traz consigo uma série de objetos que podem machucar você e oculta perigos como buracos e desníveis;

Não se arrisque em enxurradas com o objetivo de salvar pessoas ou bens. Para auxiliar pessoas em risco, utilize objetos flutuantes (boias, isopores, madeiras, pranchas e outros) ou cordas;

Fique atento ao nível dos rios e das águas. Não corra o risco de ficar isolado: se o rio estiver subindo rapidamente, abandone o local antecipadamente;

Reúna a família e leve todos para um local seguro;

Evite nadar nos rios durante as cheias, pois os cursos de água ficam diferentes dos que você conhece no tempo normal;

Só volte para casa quando baixar o nível da água e se o caminho estiver seguro;

Não fique sobre pontes ou locais em que a enxurrada possa atingi-lo.

Em caso de raios

– Desligue aparelhos elétricos das tomadas;

– Fique longe de janelas;

– Não fique próximo de árvores ou postes, porque eles atraem raios;

– Não fique em pé em campo aberto;

– Evite campos de futebol e outros locais abertos;

– Não retire roupas de varais de arame durante as chuvas fortes;

– Mantenha distância de alambrados, cercas, linhas telefônicas e elétricas, assim como estruturas metálicas em geral;

– Não fique dentro da água;

– Use o telefone somente em casos de emergência.

Prevenção

– Mantenha ralos e calhas limpos, para que o fluxo de água não seja interrompido;

– Não jogue lixo em calçadas, bueiros, rios, córregos ou galerias;

– Fique atento às notícias pelo rádio ou televisão sempre que puder, principalmente em dias de chuvas fortes. Isso pode evitar que você se coloque em situação de risco;

– Limpe os locais atingidos pela água e lama usando botas e luvas, assim você evita doenças graves, como a leptospirose;

– Não reaproveite alimentos que possam ter sido atingidos pelas águas das chuvas, mesmo os que estejam fechados em pacotes, pois algumas embalagens podem ser de material absorvente, o que propicia a contaminação;

– Febres, diarreia, vômitos e dores de cabeça ou no corpo, após o contato com águas de inundação, podem indicar doenças, como a leptospirose e hepatite A, e a pessoa deve ser encaminhada ao posto de saúde mais próximo.

– Evite desmatar os morros, pois sem vegetação o solo fica sujeito a deslizamentos;

– Fique atento para os sinais de perigo, como árvores, paredes, postes ou muros inclinados, portas e janelas emperradas e paredes com trincas ou barrigas;

O Corpo de Bombeiros lembra a população que a prevenção é a melhor ação. Em caso de emergência, ligue 193. Vidas alheias e riquezas salvar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *