Covid-19: vacinação do público geral e dos grupos prioritários será encerrada amanhã

A Prefeitura de Ituiutaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que encerrará a vacinação contra a Covid-19 para integrantes do público geral (18 a 59 anos de idade) e dos grupos prioritários. Pessoas ainda não vacinadas devem comparecer nos pontos de imunização nesta segunda, 13, das 9h às 15h, ou na terça-feira, 14, no mesmo horário.

A campanha teve início no dia 19 de janeiro e já contabiliza mais de 93 mil doses aplicadas, sendo mais de 67 mil primeiras, mais de 24 mil segundas e mais de 2.300 doses únicas, com atendimento aos grupos classificados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19.

Vale ressaltar a importância da imunização e a necessidade de encerramento da campanha para os grupos em andamento, como exigência da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais – SES/MG para que o município possa avançar ainda mais nos próximos dias, já com previsão de iniciar a convocação dos jovens entre 12 e 17 anos dos grupos prioritários para o recebimento das primeiras doses. Também há previsão de início da aplicação da dose de reforço para idosos acima de 70 anos de idade, idosos em instituições de longa permanência e pessoas imunossuprimidas.

QUEM AINDA PODE SE VACINAR?

Pessoas entre 18 e 59 anos de idade que ainda não se vacinaram deverão comparecer na FacMais, no Bairro Universitário.

Pessoas entre 18 e 59 anos dos grupos prioritários: comorbidades, pessoas com deficiência permanente, profissionais de saúde, idosos (60 anos e mais) e segundas doses agendadas (Fiocruz e Butantan) deverão comparecer na Praça Mário Natal, no Bairro Natal. Será também na Praça Mário Natal a vacinação para caminhoneiros entre 18 e 59 anos, local que também receberá gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), lactantes (com crianças de até 6 meses) acima de 18 anos, trabalhadores da limpeza urbana, motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso (entre 18 e 59 anos de idade)  e profissionais de educação.

Pessoas em situação de rua também serão vacinadas na Praça Mário Natal, com base em referenciamento disponibilizado pelos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS.

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS

Para vacinar é preciso que todos apresentem documento de identificação, comprovante de endereço e cartão de vacinação. No caso de pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente é necessário também apresentar laudo médico que ateste a referida doença/deficiência. Trabalhadores da educação básica e superior, motoristas e cobradores precisam apresentar contracheque recente e figurar na lista emitida pelo empregador. Gestantes devem apresentar cartão de pré-natal e puérperas ou lactantes, certidão de nascimento da criança. Além disso, gestantes e puérpera também precisam apresentar prescrição médica da vacina.

Caminhoneiros precisam apresentar além dos documentos de identificação e cartão de vacina, CNH “C ou E” e um dos seguintes: Carteira de trabalho ou crachá funcional; ou contracheque com documento de identidade; ou carteira de sócio(a) de cooperativa de transporte de carga (categoria de motorista); ou carteira de sócio(a) dos sindicatos de transportes (categoria de motorista); ou comprovante de inscrição no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas – RNTRC.

São documentos comprobatórios para Pessoas com Deficiência Permanente: laudo médico que indique a deficiência; cartões de gratuidade no transporte público que indique condição de deficiência; documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência ou documento oficial de identidade com a indicação da deficiência ou qualquer outro documento que indique se tratar de PCD.

Pessoas com Deficiência Permanente – Limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas; indivíduos com grande dificuldade de ouvir mesmo com isso de aparelho auditivo; indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar mesmo com uso de óculos; indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola e brincar.

CONSERVAÇÃO DAS VACINAS

O Departamento de Epidemiologia esclarece que as vacinas utilizadas são devidamente acondicionadas em caixas térmicas, sendo durante todo o período da vacinação feito o controle por meio de aferição da temperatura. Além disso, sempre que necessário, é feita a reposição das doses, com a troca de vacinas armazenadas nas caixas pelas colocadas nas geladeiras. As normas técnicas da rede de frio e vigilância sanitária são seguidas rigorosamente, com a temperatura das caixas mantidas entre +2 e +8 graus, mesma temperatura em que as vacinas são acondicionadas na sala de vacinas.

Dúvidas sobre a Campanha de Vacinação contra a Covid-19 podem ser sanadas pelo telefone/WhatsApp (34) 99859-4748.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *