Imunização contra a Covid-19 em Ituiutaba segue em dois pontos da cidade para grupos prioritários nesta quarta (12)

A Prefeitura de Ituiutaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, seguirá nesta quarta-feira, 12, das 8h às 15h, na Campanha de Vacinação contra a Covid-19. Os trabalhos estão sendo realizados na Escola Municipal Machado de Assis – EMMA, no Setor Sul, e na FacMais, no Universitário.

Podem ser vacinadas pessoas entre 18 e 59 anos dos seguintes grupos: Síndrome de Down, Doença Renal Crônica (Diálise) e Puérperas (com comorbidades). Também deverão comparecer para serem vacinadas pessoas entre 55 e 59 anos dos grupos: Comorbidades (atendidas pelo PNI Covid-19) e Pessoas com Deficiência Permanente, que recebam Benefício de Prestação Continuada – BPC.

Conforme dados fornecidos pelo Departamento de Epidemiologia, na última segunda-feira, 10, foram aplicadas 203 primeiras e 91 segundas doses para os referidos grupos. Já nesta terça, 11, foram aplicadas 254 primeiras e 19 segundas doses.

Os inscritos terão que comprovar a condição clínica para receber as doses. Será exigido no momento da vacinação relatório médico (atestado) que comprove a comorbidade.

Conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 são consideradas comorbidades para a vacinação contra a Covid-19: doenças renais crônicas, cardiovasculares e cerebrovasculares; diabetes, hipertensão arterial grave, pneumopatias crônicas graves, anemia falciforme e talassemia maior, obesidade mórbida, cirrose hepática e Síndrome de Down. Estão incluídos os imunossuprimidos, que têm reduzida a resposta de seu sistema imunológico, por ação de algum remédio.

As pessoas com deficiência permanente, beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC), devem apresentar o cartão e documento que comprove sua condição como integrante do grupo prioritário. Puérperas, que deram a luz nos últimos 45 dias, com comorbidades, também serão imunizadas nessa primeira fase.

Conforme anunciado mais cedo, neste momento foi suspensa a vacinação para gestantes com o uso da vacina AstraZeneca/Fiocruz, por conta de recomendação feita pela Anvisa, que monitora eventos adversos a partir da imunização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *