Mais de 80 profissionais da CEMIG atuam na reconstrução das torres derrubadas por vendaval na região do triângulo

Mais 80 profissionais da Cemig, entre engenheiros, técnicos e eletricistas atuam, desde a noite de ontem (15/10), na reconstrução de oitos torres de transmissão das linhas Avatinguara – Ituiutaba 1 e Avatinguara – Campina Verde 2, que foram derrubadas por um forte vendaval que atingiu a região do Triangulo Mineiro no fim da tarde de sexta-feira. Além disso, a empresa está utilizando veículos especiais e aeronaves para atuar diretamente na logística e reparo das linhas danificadas.

A ocorrência provocou interrupção de energia para os municípios de Cachoeira Dourada, Campina Verde, Capinópolis, Carneirinho, Guarinhatã, Ipiaçu, Itapagipe, Ituiutaba, Iturama, Limeira do Oeste, Santa Vitória, São Francisco de Sales e União de Minas.

Para os reparos, a companhia reuniu uma força tarefa especial, com profissionais e materiais sendo enviados de todo estado, inclusive de Belo Horizonte, para a região do acidente, com o objetivo de resolver a situação e normalizar o atendimento o mais rápido possível.

Durante a madrugada deste sábado (16/10), oito torres especiais, de montagem mais rápida e geralmente utilizadas em ocasiões como esta, chegaram ao local do acidente por via aérea e terrestre, e estão sendo montadas para que as linhas sejam recompostas e religadas no menor tempo.

Além disso, a Cemig já está, desde o início da ocorrência, em contato com as autoridades dos municípios atingidos, afim de alinhar as informações e orientar a respeito dos procedimentos que devem ser tomados, como os cuidados com vacinas e outros serviços e materiais que requerem maior atenção neste momento.
Por fim, a companhia reitera seu compromisso de manter a população informada, e garante que está envidando todos os esforços para que esta ocorrência, que foi ocasionada pela força de um fenômeno natural que chegou com muita intensidade e que vem atingindo várias regiões do estado nos últimos dias, seja solucionada.

Apesar da empresa já estar atuando na recuperação do sistema elétrico, o serviço, de alta complexidade, exige grande planejamento das atividades de campo e em breve a companhia poderá divulgar uma previsão para a normalização do fornecimento de energia para toda a região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *