Minas Gerais recebe 285,2 mil doses de vacinas contra covid-19

O Governo de Minas recebeu nesta quarta-feira (3/3) mais um lote com 285,2 mil doses da vacina CoronaVac / Butantan (doses 1 e 2) para dar continuidade à campanha de vacinação contra a covid-19 no estado. O carregamento chegou às 8h40, no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins.

Sob escolta da Polícia Federal, as vacinas seguiram para a Central Estadual da Rede de Frio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), de onde serão distribuídas nos próximos dias às superintendências regionais de saúde e aos municípios mineiros.

Assim que as vacinas chegam à Central, a SES-MG confere se o quantitativo e a temperatura das vacinas estão adequados, informa a coordenadora estadual do Programa de Imunização Josianne Dias Gusmão. “Após a conferência, as doses são acondicionadas em câmara fria. É elaborada a planilha de distribuição para os 853 municípios de Minas e o quantitativo que vai para cada Unidade Regional de Saúde”.

Segundo a coordenadora, a planilha de distribuição segue a população estimada do público-alvo do Programa Nacional de Imunização (PNI). O número de doses que as prefeituras irão receber e o público-alvo a ser vacinado serão anunciados a partir de sexta-feira (5/3), após alinhamento com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems-MG).

Operação

Este é o 6º lote de vacinas que chega ao estado. A maior operação para campanha de vacinação na história de Minas Gerais começou no dia 18 de janeiro, data da chegada do primeiro lote de vacinas, quando foram recebidas 577.480 doses de CoronaVac. A segunda remessa foi composta por 190,5 mil doses de AstraZeneca e, a terceira, com 87,6 mil doses de CoronaVac. Já a quarta remessa foi de 315,6 mil doses de CoronaVac e a quinta 357,4 mil doses de CoronaVac e da AstraZeneca. Com a 6ª remessa, que chega nesta quarta-feira, Minas terá recebido um total de 1.813.780 doses do governo federal.

Combate à covid-19

Desde o início da pandemia, o Governo de Minas adotou diversas ações no enfrentamento ao coronavírus. Uma das primeiras iniciativas foi a aquisição de 1.047 respiradores, ao preço médio mais baixo do país. Isso permitiu que o Estado dobrasse de cerca de 2 mil para quase 4 mil o número de leitos de UTI, muitos deles em municípios que nunca tinham contado com unidades de terapia intensiva.

De forma antecipada, Minas garantiu a compra de 50 milhões de seringas agulhadas, além de 617 refrigeradores. Mais de 21 milhões de seringas agulhadas já chegaram ao estado.

Remessas recebidas

1ª remessa: 577.480 doses da CoronaVac em 18/1;

2ª remessa: 190.500 doses de AstraZeneca em 24/1;

3ª remessa: 87.600 doses da CoronaVac em 25/1;

4ª remessa: 315.600 doses da CoronaVac em 7/2;

5ª remessa: 357.400 doses da AstraZeneca e CoronaVac em 23/2;

6ª remessa: 285.200 doses da CoronaVac em 3/3;

Total: 1.813.780 doses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *