PCMG prende suspeito de descumprir medida protetiva em Ituiutaba

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu preventivamente um homem, de 34 anos, suspeito de descumprir medida protetiva, em Ituiutaba, Triângulo Mineiro, na noite de sábado (10/4). Ele é investigado por ameaçar a ex-companheira, de 33, e também estaria infringindo a determinação judicial. A prisão ocorreu dois dias após a representação pelo mandado.

Segundo a delegada Daniela Diniz Medeiros, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Ituiutaba, o trabalho investigativo começou a partir das intimidações do suspeito à ex-companheira, motivo pelo qual a unidade encaminhou à Justiça o pedido de medida protetiva. Como o investigado voltou a fazer ameaças, inclusive se aproximar da residência da vítima, conforme denunciado no último dia 7, a PCMG representou pela prisão, sendo deferida pelo Judiciário.

O suspeito foi localizado no bairro Residencial Canaã I por policiais civis da Deam, com apoio da equipe da Delegacia de Plantão. Finalizados os procedimentos, ele foi encaminhado ao sistema prisional.

Denúncias

A PCMG orienta que todo tipo de violência doméstica e familiar contra a mulher seja denunciado. O registro de ocorrência pode ser feito na unidade policial mais próxima ou, ainda, sem sair de casa, pela Delegacia Virtual (AQUI ), nos casos de ameaça, vias de fato, lesão corporal e descumprimento de medidas protetivas. Por meio da plataforma digital, as vítimas ainda podem solicitar a medida protetiva enquanto estiverem fazendo o registro. Denúncias também são recebidas pelo Ligue 180.

Outro aliado no enfrentamento da violência doméstica é o aplicativo MG Mulher. O app permite à usuária criar uma rede de contatos, que pode ser acionada em situação de perigo. Dessa forma, familiares e amigos podem ajudá-la ou acionar a polícia em caso de pedido de socorro. O aplicativo ainda reúne endereços e telefones de unidades policiais mais próximas, bem como instituições de apoio, além de diversos conteúdos sobre o tema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *