PMMG prende dois indivíduos em Ituiutaba durante abordagem em festa clandestina no Bairro Paranaíba

Na noite deste sábado (10/04), a Polícia Militar de Minas Gerais durante recebeu informações da Central de Fiscalização de Combate à Covid-19, da Prefeitura Municipal de Ituiutaba/mg, apontando que no Bairro Paranaíba, estaria acontecendo uma festa com aglomeração de pessoas, desrespeitando, portanto, o decreto municipal vigente.

De posse das informações, as equipes PMs deslocaram até o local, sendo constatado a presença de diversas pessoas e veículos.

Ao perceber a chegada dos militares um indivíduo de 27 anos saiu correndo para os fundos da chácara, embreando em meio à vegetação.

De imediato os militares desembarcaram das viaturas e realizaram a abordagem do mesmo.

Durante a busca pessoal foram localizados 06 cartuchos intactos, marca CBC, calibre 38; 01 aparelho de telefone celular Iphone 7 Plus; 01 carteira de identidade falsa com a foto do abordado afixada; R$ 861,00 Reais, U$ 73,00 Dólares.

Ao verificar o sistema informatizado da Polícia foi constado que havia em desfavor do abordado um mandado de prisão em aberto expedido pela vara criminal da comarca de Uberlândia/MG.

No local encontravam-se mais 11 pessoas, onde estava havendo som automotivo e uso de bebida alcoólica, além da aglomeração de pessoas sem uso de máscara, desrespeitando as medidas preventivas sanitárias em virtude da covid-19. Um tablete de maconha pesando aproximadamente 12 gramas foi localizado durante varredura dos policiais.

Segundo a PMMG, um segundo individuo de 23 anos se apresentou como responsável pela festa. Durante as buscas foram localizados 02 comprimidos de cor azul de substância semelhante à ecstasy, conhecido popularmente como bala, que ele assumiu a propriedade e relatou ser para seu uso. Com ele também foi encontrado 01 aparelho de telefone celular Samsung A20 e U$ 1,00 Dólar.

O procurado pela Justiça de 27 anos de idade recebeu voz de prisão em flagrante pelos crimes de posse ilegal de munição de uso permitido e falsidade ideológica, além do cumprimento do mandado de prisão. O proprietário da festa de 23 anos, também recebeu voz de prisão pelos crimes de posse ilegal de substância entorpecente para uso pessoal e infração de medida sanitária preventiva.

Os dois presos foram conduzidos à Depol e apresentados perante a Autoridade Polícia judiciária juntamente com os materiais apreendidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *