Polícia Militar detalha ação policial que culminou na prisão de um homem e fechamento de um laboratório clandestino de medicamentos para emagrecer em Ituiutaba-MG

Em Ituiutaba-MG, na tarde desta terça-feira (4), na Rua Airton Vilela Carvalho, Bairro Nadime Derze Jorge II, um policial militar verificou uma movimentação suspeita de um homem de 25 anos defronte a uma residência, sendo que indivíduo apanhava alguns pacotes com a logomarca da empresa “Mercado Livre” na casa e os acondicionavam no porta-malas do veículo Toyota/ Hillux SW4, de cor prata, com placas de Volta Redonda/RJ.

Diante do exposto, o militar demandou pela abordagem do suspeito por equipes do 54º Batalhão de Polícia Militar, contudo, inicialmente o veículo não foi encontrado.

Posteriormente, o sistema de monitoramento “Olho Vivo” flagrou o automóvel na Região Central da cidade, possibilitando a abordagem e averiguação da situação do condutor e do carro.

Veículo Toyota/Hilux SW4, com placas de Volta Redonda/RJ, apreendido pelos policiais. Foto: PMMG

Durante busca veicular os militares localizaram dois pacotes com a logomarca da empresa “Mercado Livre”.  Ao verificar o que continha no interior de um dos pacotes, verificou-se que havia medicamentos, porém, inexistiam dados referentes do fabricante e o selo do órgão regulador, a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O suspeito disse aos policiais que tinha residência fixa no Bairro Santa Maria, contudo, não informou sobre à casa alugada no nome de sua esposa no Bairro Nadime Derze II. Todavia, foi encontrado no interior do veículo durante busca minuciosa, um contrato de locação em nome de sua esposa, o que motivou a guarnição a desencadear uma diligência até o local de imediato.

No imóvel a equipe PMs constataram que não haviam móveis e localizaram os objetos abaixo descritos, tipificando o aludido.

Diante do exposto, deu-se voz em prisão em flagrante ao autor, sendo conduzido e apresentado perante a Autoridade de Polícia Judiciária.

Materiais apreendido depois do desfecho da ação policial em Ituiutaba-MG. Foto: PMMG
Os militares apreenderam os seguintes materiais:

– Centenas de embalagens de medicamentos contendo as marcas: Fit Gold, Life Herbs, Moder Diet, New Green, Fine Nature e Slin Nature;

– Vários rolos de etiquetas adesivas de várias marcas de medicamentos diversos;

– 03 sacos contendo centenas de embalagens de envio com a logomarca do mercado livre;

– Diversos sacos contendo milhares de tampas de frascos de cores diversas;

– Diversos sacos contendo milhares de frascos de cores diversas;

– 01 notebook;

– 03 impressoras;

– 01 balança de precisão digital de cor branca;

– Ferramentas gráficas tipo: estiletes, tesouras, espátulas, rolos de adesivos, fitas entre outros;

– 02 telefones celulares apreendidos;

– R$ 961,00 em dinheiro;

– 01 Toyota/ Hillux SW4

– 02 sacos plásticos contendo em seu interior milhares de cápsulas de medicamentos;

– 01 máquina de recorte;

– 08 fardos de caixas de papelão de tamanhos diversos;

– 02 carimbos;

– E pendrives.

O preso supostamente será indiciado por falsificar, corromper, adulterar ou alterar produtos destinados a fins terapêuticos e medicinais.

A Polícia esta trabalhando com a suspeita que o indivíduo preso em Ituiutaba-MG tem ligação com os envolvidos na Operação Dieta Sadia em Paranaiguara, Cachoeira Alta e Uberlândia MG.

Entenda:

Polícia Civil de São Simão descobre mais de R$ 1.300 Milhões de Reais em um veículo preso na Operação Dieta Sadia em Paranaiguara, Cachoeira Alta e Uberlândia MG.

Conforme noticiou o Canal Janela Aberta via o site G1, no último dia 10 de Dezembro de 2019, a justiça concedeu permissão para Polícia arrombar Porsche que foi apreendido em Uberlândia MG juntamente com suspeito na Operação Dieta Sadia que aconteceu também nas cidades de Paranaiguara, e Cachoeira Alta.

A Polícia Civil de Goiás encontrou, nesta Segunda-feira, 09, de Dezembro, de 2019,  cerca  de R$ 1.353.552,00 escondidos em malas e sacos que estavam dentro de um Porsche apreendido durante a operação contra a fabricação ilegal de remédios para emagrecer, os quais eram vendidos em todo o país, pela internet.

Com ajuda dos Bombeiros, o Porsche teve as portas e o porta-malas arrombados em Rio Verde, cidade da mesma região em que as apurações estão concentradas.

No interior do carro também estavam alguns documentos de transferência bancária que serão analisados. Segundo o delegado, o dinheiro foi depositado em uma conta judicial.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *