Procon de Ituiutaba notifica empresa de telecomunicações por venda casada de modem e condutas abusivas

O Procon de Ituiutaba notificou, na última quarta-feira, 19, uma empresa de telecomunicação  por possível prática abusiva contra os clientes usuários do serviço de internet. O órgão recebe desde meados de 2020, inúmeras reclamações de consumidores sobre a conduta adotada pela empresa na disponibilização do modem, evidenciando possível venda casada.

Camila Soares, diretora do órgão, explicou que as pessoas relatam cobranças abusivas e onerosas, além de falta de informações claras e precisas sobre os serviços prestados pela empresa. “O problema acontece, principalmente, na contratação de pacotes, sendo que a cobrança do modem é dividida em 36 vezes, sem que essa informação seja claramente repassada, deixando o cliente apenas ciente de uma fidelidade pelo período de 12 meses”, explicou.

Desse modo, mesmo ultrapassado o período de um ano, quando os clientes por ventura cancelam o serviço são surpreendidos com o valor residual das parcelas do modem. “A empresa também não dá opções ao consumidor, somente disponibiliza um único modem, no valor de cerca de mil e trezentos reais, bem superior a outros encontrados no mercado”, informou Camila.

Além disso, o Procon também verificou que a empresa notificada não dá outra opção ao cliente a não ser o parcelamento em 36 vezes, que nem mesmo é corretamente informado. “É clara a conduta abusa, venda casada, pois o modem é um acesso do produto principal, a internet. Também entendemos que há falha de comunicação com os clientes, sem clareza, evidenciando nulidade dos contratos, sendo ainda o valor cobrado pelo modem nada razoável”, ressaltou.

O documento pede que a empresa permita que os tijucanos adquiram o modem de sua escolha          e que haja clareza nas informações. Também pede que nos casos em que os clientes optarem pelo modem oferecido pela empresa, que seja possível escolher a quantidade de parcelas, bem como que o valor seja razoável aos demais existentes no mercado e que seja apresentada nota fiscal. Caso os pedidos não sejam atendidos, o Procon poderá abrir processo administrativo que prevê aplicação de sanções.

Situado na Avenida 19, entre as Ruas 28 e 30 nº 842, o PROCON presta atendimento ao público de segunda a sexta das 11h30 às 17h30, também com a opção de agendamento prévio pelos telefones: 151, (34) 3271-8139 ou (34) 3271-8140.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *