Provavelmente você já deve ter se perguntado: “A água da minha casa sai branca da torneira, é um sinal de excesso de cloro?”

O cloro não altera a cor da água, mesmo quando em concentrações muito acima do parâmetro. Conforme os técnicos da Superintendência de Água e Esgotos – SAE, o fato da água, em alguns locais e em determinados horários sair “branca” da torneira, se deve ao nível de pressão dentro das tubulações, que faz com que o ar atmosférico permaneça aprisionado na água na forma de bolhas muito pequenas, são essas bolhas que dão a impressão da água estar “branca”.

Quando a torneira é aberta e a pressão é liberada, as bolhas começam a se desprender da água, o que pode ser percebido colocando a água “branca”, em um recipiente transparente e aguardando alguns segundos.

Faz mal beber dessa água ou pode ser prejudicial à saúde humana?

A água pode ser ingerida sem apresentar danos algum à saúde humana. Conforme as informações dispostas acima, trata-se apenas de ar dissolvido na água, sob pressão.

Toda água da rede pública de abastecimento do município passa por um rígido controle de qualidade para chegar potável até todas as residências. A potabilidade é garantida pelo Laboratório de Controle de Qualidade da Água da SAE, seguindo todos os parâmetros estabelecidos pelo Anexo XX da Portaria de Consolidação nº 5 do Ministério da saúde de 3 de outubro de 2017 (Origem: Portaria nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011, do Ministério da Saúde).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *