Prefeitura de Ituiutaba diz que não interfere na conduta médica, principalmente, sobre a prescrição de medicamentos aos pacientes da Covid-19

A Prefeitura de Ituiutaba emitiu na manhã desta terça-feira (16/02), uma nota de esclarecimento à imprensa, comunicando que não vai interferir na conduta médica, principalmente, sobre a prescrição de medicamentos aos pacientes da Covid-19.

Veja a  a seguir:

Nota de Esclarecimento – Disponibilização de medicamentos

“A Prefeitura de Ituiutaba, através da Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que não há por parte do Poder Executivo, interferência na conduta médica, principalmente, sobre a prescrição de medicamentos aos pacientes da Covid-19.

O município adquire e disponibiliza através do Sistema Único de Saúde – SUS, antitérmicos, corticoides e remédios como Azitromicina, Ivermectina, Cocichimil e Hidroxicloroquina, deixando-os disponíveis no Setor de Assistência Farmacêutica para que sejam fornecidos de acordo com prescrição médica.

Esses medicamentos são mantidos nos seguintes locais: Farmácia Básica, Unidade de Pronto Atendimento Municipal de Ituiutaba – UPAMI, Ambulatório Covid-19 e nos Postos de Saúde da Família – PSF. Mediante apresentação de receita médica, os remédios são entregues aos pacientes.

A Prefeitura de Ituiutaba esclarece que não há protocolo definido para tratamento da Covid-19 vigente em âmbito mundial. O tratamento é definido pelo médico e nenhum outro profissional ou classe define tal conduta. É reservado aos médicos o poder de definir como tratar seus pacientes.

Autoridades que ocupam os cargos de presidente, governador, prefeito e secretário não têm o poder de criar protocolos clínicos para tratamentos médicos, nem mesmo podem obrigar os profissionais de Saúde a segui-los. A criação de protocolos clínicos é feita unicamente por órgãos responsáveis como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA.

O Remdesivir, antiviral recentemente aprovado pela ANVISA para utilização em pacientes hospitalizados deve seguir um protocolo já estabelecido para seu uso. O município informa que já iniciou tratativas para adquirir o medicamento, que funciona como mais uma ferramenta de enfrentamento à Covid-19.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *