Caso Ademir: PCMG prende dupla suspeita de envolvimento em latrocínio na cidade de Ituiutaba/MG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Ituiutaba, cumpriu, na manhã desta terça-feira (12), dois mandados de prisão temporária em desfavor de dois homens, 25 e 31 anos, suspeitos de envolvimento em um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no dia 25 de novembro de 2019.

Segundo apurado, os suspeitos estavam em um mesmo bar que a vítima e, quando ela saiu do local, foi agredida e colocada no interior do carro dela. A vítima foi levada para as proximidades da ponte sobre o rio Tijuco, onde foi brutalmente agredida com pedras e chave de roda na região do crânio e, após ser morta, foi jogada dentro do rio.

Após a morte, a dupla suspeita teria levado o carro da vítima para a zona rural e tirado alguns componentes do veículo, como bateria e parte da sonorização. Depois, teriam incendiado o veículo e comercializado as peças para terceiros.

De acordo com as investigações da PCMG, há pelo menos mais uma pessoa envolvida no latrocínio. Esse terceiro suspeito está com mandado de prisão temporária em aberto, mas encontra-se foragido.

A PCMG deve finalizar as investigações em 30 dias e remeter o inquérito policial ao Poder Judiciário.

Entenda:

Polícia confirma que homem encontrado morto na Ponte Velha do Rio Tijuco foi vítima de homicídio consumado

Conforme noticiou o Canal Janela Aberta, no dia 25 de e novembro de 2019, a Polícia constatou que Ademir Venâncio Gomes, 56 anos, foi vítima de Homicídio consumado em Ituiutaba.

Ademir estava desaparecido desde a madrugada de 24 de novembro, tendo sido visto por último em um bar no Bairro Ipiranga. Seu veículo, um VW/Gol, foi encontrado cerca de 8km de Ituiutaba, as margens da BR-365, entre Ituiutaba e o Trevão, o carro estava totalmente carbonizado.

O corpo da vítima foi localizado após a filha do mesmo verificar a denúncia informando que teria um corpo de um homem na Ponte Velha do Rio Tijuco. No local ela reconheceu o corpo como sendo de seu pai, o desaparecido.

Equipes PMs foram até o local e constatou a veracidade do fato e acionou a perícia técnica da Policia Civil, a qual compareceu na cena do crime e realizou seus trabalhos.

De acordo com a perícia da Policia Civil, a vítima estava com um corte contuso no crânio, próximo da nuca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *