Mulher encontrada no Rio Tijuco pode ter sido assassinada, diz Delegado ao Canal Janela Aberta

No último domingo, 10, um corpo foi encontrado boiando preso às galhadas no Rio Tijuco, próximo a Vila Miisa, em Ituiutaba-MG. O mesmo foi avistado pela primeira vez por um grupo de pessoas que fizeram a descida do rio de Bóia Cross, modalidade de esporte radical, que de imediato acionaram o CBMMG.

No local do sinistro os militares depararam com muita dificuldade de acesso para chegar no cadáver que se encontrava em um trecho do rio não navegável com vegetação densa as margens. Por se tratar de um resgate noturno e com vários obstáculos para a Guarnição, os Bombeiros suspenderam as buscas, vindo a retomar as mesmas somente às 6h da manhã desta segunda-feira, 11.

Após ser resgatado, o corpo da mulher de estatura mediana, cabelo escuro, cútis branca, trajava bermuda preta e blusa vermelha, a qual se encontrava em estado avançado de putrefação foi resgatado pela Guarnição BM e identificado pela Polícia Civil.

Edna alves Garcia, 39 anos, era moradora do Bairro Setor Norte, em Ituiutaba. Foto: rede social.

A vítima foi identificada sendo como Edna Alves Garcia, 39 anos, moradora do Bairro Setor Norte, em Ituiutaba/MG. Edna foi encontrada com lesões no crânio e pelo corpo causadas por golpe com um objeto ainda não identificado. O delegado de Polícia, Carlos Fernandes, disse à equipe de reportagem do Canal Janela Aberta que a PCMG está trabalhando com a suspeita de homicídio

“Há suspeita que a vítima pode ter sido assassinada e posteriormente jogada no rio. O laudo médico apontando a motivação da morte ficará pronto em 10 dias.” Disse Carlos Fernandes, Delegado de Polícia Civil.

A vítima era conhecida no meio policial por fazer usos contínuos de entorpecentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *